• Facebook Page: 264161550288718
  • Twitter: ifsc

Home
Equipes do Câmpus Criciúma se preparam para etapa catarinense da Olimpíada Brasileira de Robótica PDF Imprimir E-mail
Qua, 08 de Agosto de 2018 19:06

OBR2017_2O Câmpus Criciúma do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) contará com a participação de 13 equipes de estudantes na etapa estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR), marcada para o dia 18 de agosto, em Araranguá. O Câmpus é o atual tricampeão da competição estudantil.


Estão inscritas 59 equipes, sendo esperados cerca de 220 estudantes de diferentes regiões do Estado. Além das 13 equipes do Câmpus Criciúma, deve participar também uma equipe de estudantes da escola Humberto Hoffmann, de Nova Veneza, formada a partir de um projeto de extensão do Câmpus realizado em 2017. A competição acontece na escola Dolvina Leite de Medeiros.

 


A OBR é uma olimpíada científica que tem como objetivo estimular os jovens às carreiras científico-tecnológicas, identificar talentos e promover intercâmbio entre as escolas. Participam da competição estudantes de escolas públicas e particulares do Ensino Fundamental, Médio e Técnico. Posteriormente, haverá a modalidade teórica da competição, com a aplicação de uma prova nas escolas.


Para chegar à competição, as equipes montam e programam robôs utilizando kits de robótica voltados para estudantes. Os robôs são autônomos, ou seja, devem ser capazes de realizar sozinhos as tarefas no dia da prova. O desafio simula um ambiente de desastre, em que os robôs devem percorrer um trajeto determinado, superar obstáculos, resgatar objetos e colocá-los em um local determinado.


“O trajeto e os obstáculos são definidos na hora, para que o robô seja de fato autônomo e consiga se reconhecer em diferentes ambientes. Se mudar, o robô precisa se adaptar sozinho”, explica o professor Douglas Lucas dos Reis, responsável por equipes inscritas.


Os alunos do Câmpus Criciúma desenvolveram seus robôs em um dos módulos da disciplina de Robótica. Apesar do pouco tempo para treinos e ajustes, a expectativa é de um bom desempenho dos estudantes. “As equipes do Câmpus tiveram menos tempo para treinar, porque o módulo de Robótica Móvel foi um dos módulos da disciplina de Robótica, por isso tiveram cerca de um mês e meio para se preparar. Mesmo assim, há robôs muito bons e a expectativa é muito boa”, avalia Douglas.


O Câmpus defende o tricampeonato da competição no nível 2, para Ensino Médio e Técnico. Ano passado, conquistaram o título os alunos Daniel Carvalho, Daniele Ghisi Cadorin, João Bernardino e Gabriel Chaucoski (veja como foi).


A coordenação estadual da competição é do professor Giovani Batista de Souza, do IFSC Câmpus Criciúma. De acordo com o professor, 60 instituições de ensino catarinenses estão envolvidas na competição, tanto na modalidade prática quanto na modalidade teórica, que deve reunir cerca de 2,2 mil alunos em todo o Estado.


O IFSC estará representado na competição Araranguá com equipes dos câmpus Araranguá, Criciúma, Tubarão e Joinville. Outras escolas da região, como Satc, Sesi e Colégio Maximiliano Gaidzinski, também inscreveram equipes, além de outras instituições da capital e interior do Estado.


“A participação dos estudantes em competições de robótica é importante porque eles desenvolvem o raciocínio lógico, a organização e a capacidade de solucionar problemas. Para a OBR, também é uma forma de atrair os jovens para as carreiras tecnológicas”, explica Giovani.


A programação da competição começa às 8h30 do dia 18, com o credenciamento das equipes. A primeira rodada está marcada para as 9h30. O evento é aberto a todos os interessados. Mais informações podem ser obtidas no site da competição: http://www.obr.org.br/sc/


Foto: ICMC/USP

 

Por Comunicação do Câmpus Criciúma do IFSC

 



Para visualizar PDF você precisa do Adobe Reader: Clique aqui para baixar.