• Facebook Page: 264161550288718
  • Twitter: ifsc

Home
Comissão de Saúde debate papel da escola na prevenção ao suicídio PDF Imprimir E-mail
Qua, 10 de Outubro de 2018 20:45

CISSP2018Servidores do Câmpus Criciúma tiveram nesta quarta-feira (10) a oportunidade de conversar sobre saúde mental e a importância da escola no diálogo com os adolescentes, público que vem sendo cada vez mais afetado por problemas como a depressão. A atividade é alusiva ao Setembro Amarelo, mês marcado pela campanha de prevenção ao suicídio, e foi organizada pela Comissão Interna de Saúde do Servidor Público (CISSP).


Esteve presente a médica psiquiatra Ritele Hernandez da Silva, graduada pela Universidade Federal de Pelotas (Ufpel), mestre em Ciências da Saúde pela Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc) e doutoranda pela Unesc, perita da Secretaria de Administração de Santa Catarina e psiquiatra do Instituto de Neurociências Dr. João Quevedo.

 

Servidora do Câmpus Criciúma, a psicóloga Clarice Venâncio explica que a intenção da Comissão foi abrir espaço para o diálogo entre servidores sobre um tema fundamental na vida da escola. “O objetivo foi abrir um espaço para falar sobre saúde mental e prevenção ao suicídio, onde os participantes colocassem suas dúvidas e angústias sobre o tema. As pessoas saíram bem satisfeitas da conversa”, explica.

 

CISSP2018b

 

De acordo com o boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, divulgado em setembro deste ano, o Brasil registrou 11.433 mortes por suicídio em 2016, sendo que o público adolescente é um dos mais atingidos (clique aqui para ler mais). A médica alertou para a importância da escola na prevenção ao suicídio, já que é na escola em que muitas vezes são percebidos os primeiros sinais.

 

“Foi um momento muito rico de troca de conhecimento. Onde podemos identificar situações que atuam como fatores de risco para os transtornos psiquiátricos, que muitas vezes são percebidos pela primeira vez em sala de aula”, afirma Ritele.

 

Por Comunicação do Câmpus Criciúma do IFSC

 



Para visualizar PDF você precisa do Adobe Reader: Clique aqui para baixar.